PLAGIOCEFALIA E BRAQUICEFALIA: ENTENDA A CABEÇA CHATA EM BEBÊS

O bebê pode ficar com a cabeça achatada logo em seus primeiros meses de vida por que ainda existe espaços sem ossos em sua cabeça, as famosas moleiras. É interessante que existam tais espaços para que o cérebro tenha espaço para crescer adequadamente. Então, quando o bebê fica muito tempo deitado, algo muito fácil de ocorrer nos primeiros meses de vida, há o risco do pequeno ficar com a cabecinha chata. Para se ter uma ideia, um em cada cinco bebês ficam com a cabeça chata em algum momento. A cabeça chata pode ocorrer de duas formas:

Plagiocefalia: A parte de trás da cabeça fica chata apenas de um lado, causando uma assimetria. As orelhas podem ficar desalinhadas e a cabeça parece um paralelogramo quando vista de cima, e às vezes a testa e rosto podem inchar um pouco sobre o lado plano

Braquiocefalia: neste caso a parte de trás da cabeça fica totalmente chata. Fazendo com que a cabeça fique mais pontuda no topo em cima.

O formato da cabeça do bebê tende a melhorar naturalmente, conforme o bebê começa a se movimentar mais, sentar, engatinhar e andar. Porém, algumas atitudes dos pais podem ajudar a aliviar o problema, como deixar o bebê por alguns minutos de bruços quando estiver acordado.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇