Pais da namorada de Cristiano Araújo dizem não ter mágoas por acidente

Os pais da estudante Allana Moraes, namorada de Cristiano Araújo, que morreu no mesmo acidente que ele, em Goiás, dizem que não têm mágoas e não culpam o músico e o motorista, Ronaldo Miranda, pela perda da filha.

“De jeito nenhum, eu queria encontrar o seu João [Reis, pai de Cristiano], pessoas da equipe e, de um modo especial o Ronaldo, pois eu queria tirar esse peso, pois vão colocar uma carga muito pesada em cima dele por estar dirigindo esse carro”, afirmou a mãe da jovem, Miriam Coelho Pinto.

“Ela gostava muito dele. Então, na verdade, foi no amor, por amor e com o amor da vida dela”, disse.

“Eu mandava mensagem mandando ela usar o cinto e falava para ele também. Mas não tinha jeito, a vida desse povo era muito corrida, uma loucura, sempre tentando abraçar o mundo. Ele [Cristiano] era uma pessoa boa, um menino jovem e precisava de uns cinco anos para se estabilizar. Coitado, não teve tempo”, lamentou o pai de Allana.

Irmão de Ronaldo, que dirigiu o veículo do acidente Roberto Miranda afirmou que o acidente foi causado por um problema no carro, um Range Rover Sport, ano 2015. Segundo ele, o motorista está chocado com a morte do casal. “Ele mesmo vai esclarecer o que houve, porque ele ainda está abalado. Para mim, ele contou, mas eu vou deixar ele explicar os detalhes. A gente sabe que foi falha do carro, foi falha mecânica, a gente sabe disso”, disse.

“No começo eu fui contra, pois uma mulher que casa com alguém do show business não tem uma vida familiar, todo dia em casa. Ela era muito emotiva, então eu sabia que ela teria uma vida de sofrimento. Aí eu mandei um recado e falei para ele sumir”, lembra o pai de Allana.

“A partir do momento que ela quis, eu fiquei contrariado. Mas ele teve uma hombridade muito grande, foi ao meu escritório e ficou duas horas lá conversando comigo. Ele me disse que ia provar que não era um cara ruim. Aí eu disse que o que eu queria é que minha filha fosse respeitada”, conta.

O cantor e a namorada morreram após o acidente de carro na BR-153, entre Morrinhos e Pontalina. Allana não resistiu e morreu ainda no local. Já o sertanejo chegou a ser socorrido e encaminhado a um hospital na capital, mas chegou sem vida.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇