Os Primeiros 2 anos do bebê: Mês 08

Seu bebê

Você também vai notar que seu começa a mostrar o que gosta e o que não gosta. Se tirar um brinquedo dele, provavelmente vai ouvir um berreiro. 
Se sair de perto dele, ouvirá reclamação. Trata-se da chamada ansiedade de separação é um momento em que o bebê passa a demonstrar uma forte ligação em relação a você e às pessoas que geralmente cuidam dele.

O bebê está cada vez mais ágil, então é importantíssimo que ele possa se movimentar de um lado para o outro da casa sem riscos. Certifique-se de que a disposição dos móveis, tapetes e enfeites é segura para ele, ou o mantenha afastado de certas partes da casa (como cozinha, área de serviço e banheiro, os locais onde mais acidentes acontecem). 

 

A Mamãe: Tire aquele tempinho para namorar seu parceiro!

O primeiro passo para superar o terremoto na vida amorosa de vocês que foi a chegada do bebê é reconhecer o “estrago”. A sinceridade numa boa conversa para lembrar tudo que vocês sentem falta pode ser um grande alívio para os dois lados. Um bebê novinho em casa consome muita atenção, especialmente para os pais de primeira viagem, mas é fundamental que você e seu parceiro tentem passar algum tempo sozinhos.
Se a divisão de tarefas da casa estiver injusta, isso vai causar ressentimentos e atrapalhar a relação de vocês. O melhor a fazer é abrir o jogo, ser sinceros um com o outro e aí tentar achar uma solução, mesmo que ela seja baixar os padrões de exigência. Facilitar a vida diminui o estresse, e com menos estresse vocês têm mais tempo para se curtir e curtir o bebê.

Faça planos específicos para ficar juntos. Um compromisso mesmo: cinema uma vez por mês, pelo menos, ou algum outro tipo de ritual. Procure retomar as experiências que lhe dão prazer com seu parceiro. Isso tem que ser uma prioridade. 

Dicas

Que tal conversar com outras mães ou pais que têm filhos da mesma idade que o seu?


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇