Os Primeiros 2 anos do bebê: 1 ano e 2 Meses

Seu bebê

Agora que a alimentação dele é mais parecida com a sua, deixe-o testar a independência na hora de comer. Coloque o cadeirão numa superfície fácil de limpar, e que comecem as experiências: a colher na mão nem sempre vai para a boca, o ovo cozido ou a banana vão ser esmagados… Tenha paciência (desde que a experiência não seja jogar tudo no chão para encerrar a refeição logo, é claro!). Ao observar os adultos comendo, ele vai começar a entender qual é o comportamento “normal” à mesa. 

Já reparou que quase todo dia seu faz uma coisa nova? Uma hora aprende a mandar beijos e derrete o coração de todo mundo, outra experimenta usar um copo em vez da mamadeira. Mas ainda não dá para achar que ele vai comer na mesa direitinho, como um adulto. É assim mesmo, por enquanto a sujeira e a bagunça fazem parte de toda refeição. 

A Mamãe: Perigo a frente!

Preste atenção especial na cozinha, banheiros e área de serviço, onde é maior o risco de intoxicação e acidentes.

Preste atenção especial na cozinha, banheiros e área de serviço, onde é maior o risco de intoxicação e acideÉ sempre assim: basta dizer “não pode!” ou “aí não!” que a coisa passa a ficar mil vezes mais interessante. O jeito é prestar o máximo de atenção à segurança da sua casa, para você poder ficar mais tranquila. Tire as coisas frágeis do alcance da criança, veja se não há móveis que possam virar em cima dela, faça uma revisão nos potenciais perigos domésticos.  

Está se sentindo um pouco desanimada?

É impressionante o que um tempinho só para você pode fazer para melhorar o seu astral. Uma estratégia é pedir uma participação maior no trabalho duro ao da criança, ou então convencer uma avó, tia ou uma amiga a ficar com seu filho um pouco para você dar uma respirada. 
Invista nos bons hábitos de sono do seu filho. Tudo fica melhor depois de uma noite bem dormida. 

Cuidar de uma criança dessa idade é incrivelmente cansativo, pois você literalmente tem de correr atrás dela o tempo todo. E, se seu filho ainda acorda à noite, é bem capaz que você esteja sofrendo os efeitos da carência crônica de sono, mas não se preocupe, você não está sozinha neste barco.

Dicas de uma Mamãe para outra!

Acostumei meu bebê mal, lendo até ele adormecer.Adoro ler historinhas para meu filho na hora de dormir.  Às vezes demorava tanto que eu ficava um tempão ‘presa’ ou ás vezes dormia eu primeiro!. Resolvi então dizer a ele que toda noite vou ler uma história, não mais que uma. Depois fico no quarto em silêncio, até ele pegar no sono. Meu plano é mais tarde poder sair do quarto com ele ainda acordado.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇