Os médicos pediram ao pai que parasse de “Torturar” sua filha, mas ele não parou, e um MILAGRE aconteceu

Ruslan e Anastasia tem dois filhos, Radomir de 5 anos e Alesya de 3 anos.

Eles estavam festejando o Ano Novona sala, e as crianças estavam brincando em outra.

De repente, os adultos notaram que a sala onde as crianças estavam ficou silenciosa.

Eles correram até a sala e descobriram que a menina não estava lá.

Eles começaram a procurar e a encontraram no fundo da piscina.

Imediatamente Ruslan retirou sua filha da água e começou a massagear seu peito e fazer as manobras de primeiros socorros.

Anastasia ao ver o marido sacudindo o corpo sem vida de sua filha, desmaiou.

Os avós das crianças que também estavam na casa, chamaram a ambulância.

Após meia hora tentando reanimar a menina, os médicos desistiram e atestaram óbito.

Mas o pai não desistiu.

Ele se aproximou do corpo de sua filha e recomeçou a massagear o coração e a praticar respiração boca a boca. Os médicos tentaram fazê-lo parar, dizendo que ele estava apenas “torturando” a garota.

Mas, então, um milagre aconteceu.

O pai ouviu uma batida de coração fraca e a menina voltou. Mas como Alesya ficou 45 minutos sem oxigênio, ela entrou em coma.

Os médicos alertaram sobre um possível dano ao cérebro.

Dois dias a menina acordou e o dano cerebral foi confirmados. Ela não podia ver, se mover nem falar.

Mas, novamente, um milagre aconteceu.

Alesya era persistente como seu pai. Algumas semanas mais tarde ela começou a enxergar. Logo ela voltou a falar e voltou a ser a garota ativa de antes.

Nunca desista! Quando ninguém acreditava no sucesso, o pai da menina não desistiu e foi capaz de, literalmente, trazer sua filha de volta à vida. Isto é inacreditável.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇