Casal que adotou crianças com necessidades especiais conta sua história de superação ao lado dos filhos

Casal que adotou crianças com necessidades especiais conta sua história de superação ao lado dos filhos

Rebecca Maas e seu marido, Darren, adotaram crianças com diferentes necessidades especiais de todo o mundo.

Mas as lutas para melhorar a #sa̼de de um dos seus #filhos mais novos, recentemente inspirou o debate sobre o qụo longe eles chegaram Рe quanto essa viagem valeu a pena.

Leia mais:

“Quando eu sento aqui no hospital e vejo uma coisa e depois outra, e tantos métodos usados no corpo do meu filho, eu sou lembrada do milagre que ele é”, escreveu Rebecca em seu Facebook.

1

Ela tem passado muito tempo vendo seu filho #Joshua, 6 anos, tentando resistir à uma #doença auto-imune muito #rara.

“Eu me pergunto como eram os seus primeiros anos de vida. Considerando a condição em que ele foi encontrado, eu acho que não quero nem saber”, afirma.

A criança foi encontrada na beira de uma estrada na China, quando ele tinha apenas 2 anos.

De acordo com os registros, Joshua estava #sangrando pelo nariz, coberto de #feridas e com #desnutrição.

“Eu vi uma foto de Joshua e ele realmente conquistou meu coração imediatamente”, conta Rebecca.

“Nós realmente não temos os detalhes do processo de adoção, nós sabíamos que ele nunca conseguiria viver em seu país tendo as limitações que tem”, explica.

2

“Eu acho que o que me bateu foi o instinto, ele tinha tanta alegria dentro dele. Ele era sorridente e estava à beira da morte”, lembra a mãe de Joshua.

O marido de Rebecca pediu uma #adoção acelerada, afirmando que a criança iria #morrer no orfanato- que tinha recursos limitados- caso não recebesse o tratamento necessário.

Em apenas quatro meses, eles estavam indo para a China para buscar o pequeno Joshua e mais outra #criança.

Quando chegaram no aeroporto, eles foram recebidos por um representante da agência de adoção, que os levou até Joshua e fez com que eles entrassem em contato com o #pediatra da criança antes de seguirem com o processo de adoção.

3

“Sua hemoglobina era muito baixa. Suas plaquetas eram muito baixas, chegou ao ponto onde eles disseram que ele não poderia viajar”, disse Rebecca.

“Claro, não havia nenhuma maneira deixarmos ele lá para morrer, porque já estávamos ligados com ele. Ele era o nosso filho, e se ele ia morrer ou não, ele merecia uma família.

Assim, o casal doou #plaquetas para seu novo filho e assim que ele se recuperou, foi levado para os EUA, onde foi diagnosticado com a Síndrome de Evans, um distúrbio auto-imune que faz com que seu sistema #imunológico ataque suas células sanguíneas.

4

Em janeiro de 2015 ele ainda lutava contra a doença que poderia matá-lo a qualquer momento. Rebecca conta que ele teve vários momentos saudáveis que permitiram que ela visse o verdadeiro Joshua, sorridente e feliz.

“Ele é um mistério que estamos conhecendo à medida que aprendemos”, conta a mãe.“Nós apenas o amamos por tudo isso e vivemos cada dia de uma vez. Nós estamos criando o máximo de memórias que pudermos”.

5

Eles foram para a Disney recentemente, como uma viagem de presente fornecida pela Make-a-wish-Fundation.

“Ele é não-verbal, mas nós descobrimos que ele adora o Mickey Mouse e jogar no campinho de areia que fica fora de nossa casa. Nós pensamos que combinaria com ele fazer um cruzeiro da Disney e que seria a viagem perfeita para ele”, explica.

6

Atualmente a família Maase tem 12 filhos- sendo dois deles biológicos e dez que se uniram na família por adoção. Sete dessas crianças têm necessidades especiais que variam entre #paralisia #cerebral e doenças renais.

“Deus nos abençoa todos os dias – porque na minha casa, eu vejo milagres todo o tempo e todos sabem que vale a pena cada momento, não importa quão duro ele seja”,termina.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇